Ovni avistado em Mato Grosso desperta hipóteses entre especialistas.

Objeto não identificado foi fotografado por pessoas que passavam pela Salgadeira na Chapada do Guimarães.

 Lua, vênus, difração na luz, fraude. Muitas hipóteses mas nenhum consenso sobre o objeto voador não-identificado (ovni) fotografado esta semana na região da Salgadeira, em Chapada dos Guimarães.

 A doutora em astronomia Telma Couto da Silva, da UFMT, levantou a possibilidade da foto ser resultado de um fenômeno chamado difração. "Muitas vezes aparecem figuras de difração em fotos de objetos brilhantes, tais como estrelas", explica a doutora.

O fenômeno poderia ter ocorrido, por exemplo, ao fotografar o planeta Vênus, que têm aparecido brilhando com muita intensidade nos últimos dias. No entanto, Vênus está visível no oeste, ao pôr-do-sol. A foto do OVNI em Chapada foi tirada na direção oposta - leste.

"Em regiões com pouca luz, Vênus está lindo, logo após o Sol se por. O horário da foto coincide com o horário que Vênus está visível no céu nesta época, mas Vênus está próximo ao lado cardeal oeste. Se a foto foi tirada do leste, Vênus está descartado".

Telma Couto diz haver inconsistência no depoimento de uma testemunha, que afirma que o Sol estava em um ponto do céu (poente) e a Lua ainda não havia surgido. "A Lua estava na fase final de crescente e entrou em sua fase cheia ontem, dia 27 de maio. Portanto, Lua e Sol estavam quase em oposição. O Sol se ponto a oeste e a Lua nascendo do lado leste", observou.

Fenômeno ufológico

O psicólogo Ataíde Ferreira da Silva Neto é um pesquisador do assunto e afirma já ter presenciado coisas estranhas nos céus de Mato Grosso. Ele argumenta que os testemunhos desta semana somam-se a outros inúmeros casos de avistamentos na região.

"A foto mostra realmente ser um objeto que foge a explicações simplistas como avião, pássaro, satélite ou algo do gênero. E aparentemente o objeto é de proporções grandes para ser confundido com o planeta Vênus. Até o momento trata-se de mais um objeto voador não-identificado", diz Ataíde, que é presidente da Associação Mato-grossense de Pesquisas Ufológicas e Psíquicas.

Ataíde Ferreira ressalta que, apesar do fenômeno UFO (Unidentified Flying Objects - ovni em português) ser um fato, ainda assim há muitas fraudes em fotografias ufológicas.

"Todavia, quando o fenômeno é registrado não apenas com fotos, mas especialmente observado por inúmeras testemunhas, passa a ser mais difícil ser contestado. Este é o caso destas fotos em Chapada".

O astrônomo amador Eduardo Baldaci também levantou a possibilidade da luz ter sido meramente um fenômeno físico.

"Pode ser a foto da Lua com uma refração da câmera. Porém, não se trata de um meteoro, pois me parece que ele ficou bastante tempo no céu", frisou Baldaci, levando em consideração as fotos tiradas no fim da tarde e também à noite. A explicação de Baldaci esbarra justamente nas testemunhas do fenômeno, que garantem que a Lua estava em outro ponto no momento do avistamento.

 

 

Fonte: TVCA.

 

OVNI sobrevoa os céus da Austrália.

Nó último sábado 05/06/2010, alguns instantes antes do sol nascer, os australianos que madrugavam viram uma coisa muito estranha no céu. Não era o sol, não era a lua, nem nenhuma estrela. O objeto voador não identificado era uma espiral de luz, como um “pirulito”.

A luz que atravessou o céu do leste australiano era amarelada e tinha a espiral no meio, segundo depoimentos de moradores.

O astrônomo Geoffrey Whyatt do Observatório de Sydney disse à ABC News que o fenômeno deve ser decorrente de um satélite, foguete, ou lixo espacial. “O fato de ter rotação, esse efeito espiralado, é muito semelhante ao visto na Noruega e na Rússia em 2009, e nos dois casos eram mísseis Bulova ajustando sua órbita”, disse o cientista. Ele acredita que pequenos foguetes acoplados à lateral de um míssil lançado na Flórida sejam os responsáveis pelo desenho luminoso.

No entanto o pesquisador Doug Moffett da organização UFO Research NSW não aceita a teoria de Whyatt. “Em primeiro lugar, a lançamento do míssil na flórida foi às 4:45 da manhã e durou cerca de nove minutos – isso é uma hora antes das visões. Segundo, onde estava o brilho dos foguetes de estabilização, ou da fricção criada pela aeronave se movendo pela atmosfera, onde estava a cauda do foguete? Terceiro, porque alguém lançaria um míssil em teste em uma trajetória sobre a parte mais populosa da Austrália? Sem falar no tamanho desse foguete para ser visto tão claramente, ao mesmo tempo, em uma distancia tão grande de território?”
Escolha seu lado da história e espere por uma explicação científica oficial que faça sentido, ou se prepare para a invasão!

Veja abaixo um vídeo com alguns exemplos de filmagens feitas pelos australianos.

 

Fonte: ABC News.

Notícias:

Moradores de Colatina registraram suposto OVNI?

O internauta Antônio Shepper relata algo curioso no céu de Colatina e diz que moradores do município acreditam que se trata de um objeto voador não identificado (OVNI). Confira a história.

Estava no bairro Maria das Graças, aproximadamente, às 18h40, do dia 19 de fevereiro, estava tudo tranquilo quando algo estranho aparece no céu. Não, não é introdução a nenhum livro de suspense, é uma história supostamente real que alguns moradores de Colatina estão contando. Segundo eles na tarde deste dia um objeto fosco semelhante a uma arraia sobrevoou o bairro Maria das Graças em direção ao centro da cidade.

"Eu e duas primas estávamos na casa de outro primo conversando na varanda, que tem visão para o Rio Doce. Meu primo estava olhando para o rio, quando ele nos surpreende e pede para olharmos para o céu. Para nossa surpresa vimos algo muito esquisito voando e não estava tão alto. Meu primo correu para pegar a máquina fotográfica e conseguiu tirar a foto daquele objeto tão diferente", conta a moradora Ariane Oliveira, 23 anos.

Os primos não foram os únicos que viram o suposto OVNI . Próximo dali, perto de um curtume, a vendedora de churrasquinho Rosa Martins, juntamente com sua filha Ana Carolina, também diz ter visto o diferente objeto pairando nos céus. "Nunca tinha visto nada desse jeito, nunca! E o mais impressionante é que não fazia nenhum ruído, era muito silencioso", diz.

De fato essa não é a primeira vez que coisas estranhas acontecem na cidade. Há um bom tempo atrás um morador do interior de São Paulo diz ter sido "sugado" por uma luz vinda do céu e adivinha onde ele foi parar? No alto de um morro, na cidade de Colatina.

Na época essa notícia foi manchete em muitos jornais. Bom, se é verdade ou mentira, eu não sei, o que eu sei é que ambas as histórias são muito estranhas e as fotos do objeto também. Se trata-se de seres de outro mundo, também não sei, mas caso sejam, espero que venham em paz.

 

24/02/2010 - 11h47 (enviado pelo internauta Antônio Sheper - gazeta online).

 

Analisando:

Essa fotografia mais parece um pássaro (uma gaivota ou albatroz). Será que ninguém reparou que alguns pássaros planam, ficando um bom tempo sem bater as asas, como fazem os urubus, por exemplo. É, ao que parece, é um pássaro. Como a imagem foi registrada com baixa qualidade, fica impossível aumentar o zoom, de forma que possamos fazer uma análise mais eficiente. Mas geralmente é essa silhueta que um pássaro apresenta nesse tipo de foto. Portanto não se trata de um OVNI.

Análise: Sergio Augusto de Azambuja Gonçalves.

14/03/2010.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]